quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O SEGREDO DA AMIZADE

Eram dois amigos e pareciam ter a mesma alma. Tudo era comum a ambos: tristezas e alegrias. Eram inseparáveis.

Um dia começaram a observar, com olhos críticos, um ao outro. Nessa mútua observação, perceberam quantos defeitos havia no outro e resolveram, intimamente, sem nada externar, moldar o caráter do outro pela forma do seu próprio.

Passado algum tempo, um certo resfriamento começou naquela amizade. De início, eles nem perceberam. Entretanto, quando um deles perdeu um ente querido, o outro não se fez presente, em solidariedade. E o outro, no seu aniversário, não recebeu o abraço do amigo.

Certo dia, se encontraram em uma praça e confessaram mutuamente como estranhavam o que lhes estava acontecendo. Com certeza, disseram, era a inveja alheia que havia destruído o sentimento que nutriam.

O Pastor Espiritual da cidade foi consultado a respeito e convidou-os a um passeio. Era um dia quente e o sol queimava.

Depois de andarem muito, sedentos e exaustos, encontraram uma limeira. Seus frutos saborosos dessedentaram os amigos e a sombra os reconfortou.

O Pastor olhou para a árvore e disse: Esta árvore tem bons frutos, mas se a podássemos poderia produzir muito mais. Os galhos poderiam ser redirecionados, poderíamos libertá-la dos parasitas.

Com esse intuito, os dois amigos compareceram no dia seguinte e realizaram a poda, de tal forma que ela ficou quase desnuda.

Passados uns dias, o Pastor tornou a convidar ambos para o mesmo passeio. Chegados ao pé da limeira, novamente sedentos e exaustos, observaram que nela não havia nenhum fruto e bem rala era a sombra que podia oferecer, pois possuía somente diminutas folhas.

Descontentes, falaram os amigos: Como fomos tolos podando esta árvore. Destruímos os seus frutos e a sombra amena, que nos reconfortou no outro dia.

Foi então que o Pastor os olhou e disse: O que fizeram com esta árvore é o que fizeram com a sua amizade. Cada um quis modificar o outro e então perderam todo o encanto do afeto que os ligava. Mataram, com podas improdutivas, a árvore da amizade que tinham plantado no coração.

E finalmente completou:

Todo sentimento necessita, para que não pereça, ter como base a tolerância e o respeito. Não queiramos modificar a outrem. Aceitemos as criaturas como são. Assim procedendo, haveremos de encontrar sempre em seus corações, apesar dos defeitos, frutos saborosos e doces e sombra amiga.

*   *   *

A amizade é árvore que, para produzir, necessita ser plantada e cuidada com esmero.

Se colocarmos em nossas ligações afetivas o sal do amor, teremos sempre presente no prato da fraternidade o verdadeiro paladar cristão.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. O segredo de uma sólida amizade, do livro A canção do destino,  por Espíritos diversos, psicografia de Dolores Bacelar, ed. Correio Fraterno do ABC e no verbete Amor do livro Repositório de sabedoria, v. 1, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.

O que é um amigo?

Quando criança brincavamos e riamos de tudo, não tinhamos segredos;
Eramos felizes, eramos amigos;
Mas as primaveras se foram e junto os amigos.
Na escola estudavamos juntos, tudo que um sabia o outro tinha aprendido;
Eramos felizes, eramos amigos;
Mas os verões se foram e junto os amigos.
Quando adolescentes perdemos a nossa inocência juntos;
Eramos felizes, eramos amigos;
Mas os outonos se foram e junto os amigos.
Quando adultos pescavamos e bebiamos juntos, diante dos dias e das noites;
Eramos felizes, eramos samigos;
Mas os invernos se foram e junto os amigos.
Na minha velhice sentado só, vinham e iam as lembranças,
Enquanto acariciava os pelos do meu único e fiel amigo;
Foi então que percebi, o que é um amigo;
O prazer de um amigo e sentar-se junto, sem falar nada, e continuar amigo.
No silencio da minha cova foi então que encontrei Deus!
Pois tinha aprendido em silêncio ficar com meu amigo. 

O SEGREDO DA AMIZADE

Nós achamos muito educacional. Porque ele ensina a escrever e a ler. 

Ele ensina a importância da amizade. Ele conta a 

amizade de uma rosa que não tinha cor. 

E o sol depois de conhecê-la mandou um raiozito de sol para dar-lhe cor. 

E tiveram uma grande amizade .E ela tinha medo de abrir suas pétalas. 

E depois ela abriu suas pétalas. 

Como ela não tinha cor 

o sol levou ela para dar uma volta pela floresta, para que ela conhecesse o compadre vento... Puxa quanta magia e alegria!!!

O SEGREDO DA AMIZADE



O segredo da amizade fala sobre amizade entre
a rosa e a nuvem.
Nós aprendemos muitas coisas com o livroO Segredo da Amizade.
Era uma vez uma rosa, sem cor, que vivia entre as pedras sozinha.
Não tinha ninguém para conversar.
Um dia a rosa estava chorando, quando o vento passava.
Ele perguntou: - Porque você esta chorando ?
Porque eu estou sem ninguém.
Então vamos passear comigo. Vamos conhecer suas irmãs. Elas são legais.
Quando chegou lá, foi uma zuera com a rosa .
A rosa ficou tão triste, quando as rosas tinha falado coisas feias.
O vento levou ela tão longe, longe.
Que foi parar na floresta,
Só assim ela conseguiu ser feliz e ter uma cor...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

o segredo de ser máe

Quis aprender mais sobre o segredo de ser mãe.
Então pelo mundo passei a caminhar.
Vi as mães de todas as partes do mundo,
e tive muito o que apreciar.
 
Nos cinco continentes encontrei crianças brincando.
E todas tinham o mesmo e belo sorriso.
Pois sempre bem por perto vigiando,
estava a mãe com um jeito  preciso.
 
Vi a mãe africana, lutando com gana,
deixando de comer pelo filho a chorar.
Vi a mãe Européia com muita grana,
sem jamais dos filhos desgrudar.
 
Vi a mãe  corajosa da América central ,
trabalhando com seus bebes  ao lado.
Vi a mãe norte americana, que legal,
aos filhos dão o melhor que pode ser comprado.
 
Sem falar das mães asiáticas e indianas,
dando aos filhos educação e disciplina.
E as mães dedicadas australianas,
que  estão sempre com adrenalina.
 
Vi as mães da América do sul também,
com seu modo apaixonado de educar.
E as mães Brasileiras, estas, amém!
Se doam como nenhuma sabe se doar.
 
Quão prazerosa foi esta minha missão.
Depois de tanto andar por aí e pesquisar,
só pude chegar a uma linda conclusão,
que o segredo de  ser mãe é só um: Amor!